X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Fácil Alimentos - Blog Fácil Alimentos - Blog

Matéria

Filtrar
Agronegócios
Economia
Empreendedorismo
Logística
Mercado
Produção
Serviços
Tecnologia

20 de novembro, Dia da consciência Negra: o agro brasileiro e sua história agradecem!

O Brasil é do mundo e nosso agronegócio será a segurança alimentar desse mundo.

Publicado em
  • Compartilhe:

Hoje é o dia nacional da Consciência Negra, dia 20 de Novembro! Dia de reverenciar e refletir sobre a consciência negra em nosso meio, o agronegócio.

O Brasil açucareiro lá no início da nossa colonização foi feito pelos negros, e fez nosso país se transformar no maior produtor e maior exportador do açúcar do mundo! Da escravidão para o protagonismo houve uma forte e admirável luta.

Em números, no Brasil todo há mais produtores negros que brancos somando-se todos os tipos de propriedades, independentemente do tipo de cultivo ou do tamanho da terra. Mas os negros são maioria apenas nas terras que ocupam menos de 5 hectares. A partir de 20 hectares a desigualdade é nítida: quanto mais se aumenta o tamanho da propriedade de terra, menos negros são produtores rurais. Isso se provém desde as capitanias hereditárias, pois essa divisão, no período colonial, marcaria todo o processo de distribuição das grandes propriedades de terras no Brasil. Existiam critérios para determinar quem era preto, quem era pardo e quem era branco. Eles trabalhavam com a ideia de pureza do sangue e não se enquadravam nesta categoria os índios, africanos e os que não professavam a fé católica, em diversos momentos, essa categoria foi proibida de ter propriedades.No período após a abolição da escravidão no Brasil, oficializada em 1888 pela Lei Áurea, os escravos não receberam nenhum tipo de reparação nem se buscou atenuar a desigualdade. 

Hoje temos que reconhecer que as populações negras, indígenas e os agricultores familiares têm projetos legítimos de desenvolvimento rural. Não é só uma questão de ocupação de terra. É uma luta por um modelo produtivo rural.

Na pequena agricultura familiar, com organização cooperativa, encontramos comunidades quilombolas com potencial de êxito, buscando acesso a mercados, informação e conhecimento pelo país afora. Na educação, voltado ao novo agro de alta tecnologia, na agricultura de precisão, nos serviços que envolvem o futuro campo, da mesma forma se faz presente oportunidades para os jovens negros. 

As mulheres negras carregam dentro de si uma vontade impressionante de vencer, progredir e garra para liderar. Muitas assumem a liderança de entidades, organizações e comunidades.

Dia da Consciência Negra, o agro brasileiro e a sua história agradecem. O Brasil é do mundo e nosso agronegócio será a segurança alimentar desse mundo.

 

 

REFERÊNCIAS

Produtores rurais negros são maioria, mas têm as menores propriedades.Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/produtores-rurais-negros-sao-maioria-mas-tem-as-menores-propriedades/

Consciência negra e o agronegócio no Brasil. Disponível em: https://blogs.canalrural.com.br/agrosuperacao/2018/11/21/consciencia-negra-e-o-agronegocio/

 


Por Thaíse Pires
Por Thaíse Pires

20 Nov 21 • 4 min


Qual a tua avaliação deste artigo?

Leia também