A CULTURA DA CEBOLA

Uma das mais importantes hortaliças cultivadas, difundidas e consumidas no mundo todo!

Publicado em
A CULTURA DA CEBOLA

     É originária da Ásia Central, e foi cultivada na Índia e na China desde tempos remotos. Trazida para a América por Cristóvão Colombo para o Caribe e para o Brasil pelos colonizadores portugueses. A cebola é uma das mais importantes hortaliças cultivadas, difundidas e consumidas no mundo todo, sendo consumida in natura, na forma de saladas, minimamente processada e industrializada em uma ampla variedade de produtos.

     China e Índia são os maiores produtores de cebola, concentram cerca de 43 % da oferta mundial. Esses países têm elevadas produções devido à grande área plantada, porém, a produtividade média de 15,5 t/ha é muito baixa. De outro lado, Coréia do Sul, Estados Unidos, Espanha, Japão, Chile, Alemanha, Austrália e Bélgica integram o grupo de países com produtividades médias superiores a 45 t/ha, enquanto a média mundial é ao redor de 18 t/ha.

     O Brasil é o 8º produtor de cebola, participando com cerca de 2 % da oferta mundial e responde por 36 % da produção sul-americana. 

     O cultivo da cebola no Brasil tem grande importância social e econômica, pois é cultivada por pequenos agricultores tendo grande necessidade de mão-de-obra, gerando emprego e renda. Em grandes plantios, a cebola tem importância significativa na geração de empregos de forma direta e indireta. A cebolicultura do Brasil atende majoritariamente o mercado interno, sendo que uma pequena parte da produção é exportada. É uma das culturas mais importantes economicamente e a segunda hortaliça mais valiosa do mundo, atrás apenas de tomate. O trio batata, tomate e cebola representa as hortaliças de maior importância socioeconômica para o país.

A CULTURA DA CEBOLAA CULTURA DA CEBOLAA CULTURA DA CEBOLAA CULTURA DA CEBOLA          A condição climática do Nordeste apresenta grandes vantagens quando comparada com as demais regiões do país, uma vez que permite o plantio durante todo o ano. Nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, a produção de cebola se concentra no período de junho a novembro, e na região Sul a produção ocorre de dezembro a abril.

     O Brasil ainda importa uma significativa quantidade de cebola da Argentina, no período de março a julho. Enquanto os brasileiros têm 12,4 toneladas por hectare de produtividade, os argentinos alcançam 22 toneladas por hectare em uma área bem menor. Brasil e Argentina são responsáveis pelo abastecimento de cebola para os países do Mercosul, sendo os maiores produtores. No Rio Grande do Sul, a área plantada com cebola é de 16,3 mil hectares, com uma produtividade de 9,8 mil quilos por hectare. O consumo de cebola em torno de 6 kg/habitante/ano é considerado baixo se comparado com o da Turquia (17,8 kg), Argentina (11,7 kg), China (11,7 kg) e Estados Unidos (10,0 kg).

     Segundo o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola o estado de Santa Catarina é o maior produtor de cebola do país, investe em tecnologias e tem safra recorde de 630 mil toneladas. Os produtores catarinenses ampliaram a produtividade chegando a uma média de 29,7 toneladas por hectare, e não é raro encontrar produtores que colheram mais de 50 toneladas por hectare em mais de 20 mil hectares de cultivo de cebola.

 A CULTURA DA CEBOLAA CULTURA DA CEBOLAA CULTURA DA CEBOLA

Referências:
CEBOLA. Disponível em: https://www.cepea.esalq.usp.br
CEBOLA: ANÁLISE ECONÔMICA, CONTRIBUIÇÕES PARA A PRODUÇÃO E OS MERCADOS MUNDIAL, BRASILEIRO. Disponível em: http://www.ceasa.pr.gov.br
Situação atual e perspectivas da produção de cebola no Brasil. Disponível em: http://www.abhorticultura.com.br
Árvore do conhecimento: CEBOLA. Disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br 


Deixe um comentário