Cana-de-açúcar

Você sabia que a cana-de-açúcar já foi a principal fonte de renda do Brasil?

Publicado em
Cana-de-açúcar

 

       Oficialmente, foi Martim Affonso de Souza que em 1532 trouxe a primeira muda de cana ao Brasil e iniciou seu cultivo na Capitania de São Vicente. Lá, ele próprio construiu o primeiro engenho de açúcar. Mas foi no Nordeste, principalmente nas Capitanias de Pernambuco e da Bahia, que os engenhos de açúcar se multiplicaram. Durante o Império, o Brasil dependeu basicamente do cultivo da cana e da exportação do açúcar. Calcula-se que naquele período da história, a exportação do produto rendeu ao Brasil cinco vezes mais que os outros produtos agrícolas destinados ao mercado externo. 

 

        A cana-de-açúcar é cultivada principalmente para o aproveitamento pela indústria, mas também é plantada em áreas de bacias leiteiras, tendo em vista a falta de alimentos alternativos para o rebanho na época seca do ano, quando a produção leiteira decresce drasticamente, chegando, inclusive, a prejudicar o abastecimento do produto no mercado. Com a possibilidade de se usar a cana-de-açúcar como forrageira ou no preparo da Sacharina, houve grande interesse dos produtores pelo seu plantio. 

 

       É uma cultura de grande importância para a pecuária brasileira, amplamente cultivada pelos produtores devido ao fácil manejo, simples condução da lavoura e capacidade de produzir grandes quantidades de volumoso por unidade de área. Se bem manejada, esta cultura pode produzir 150 a 200 toneladas/ha de massa verde em um único corte. A época de plantio deve ser baseada no objetivo da sua produção.

 

        A quantidade necessária de mudas varia entre dez e 15 toneladas por hectare. Quando a época de plantio é adequada e a qualidade da muda está excelente, pode-se optar por menores quantidades de mudas. As mudas são canas jovens, com oito a dez meses, plantadas em condições ótimas, bem fertilizadas, com controle de pragas e doenças.

 

        Com base na finalidade do canavial e de acordo com o planejamento anual da fazenda, são definidas três épocas distintas para o plantio da cana-de-açúcar: Cana-de-ano, Cana-de-ano-e-meio e Cana-de-inverno.

 

        O melhor sistema é aquele que atenderá as necessidades de cada produtor. Para isso, é necessário avaliar bem cada sistema levando em consideração a finalidade de sua produção e os recursos disponíveis em sua propriedade. A cana-de-açúcar é uma cultura que se bem conduzida exigirá reforma ou replantio após 5 a 6 anos de produção.

 

        Voltando à história, no final da década de 70, apareceram os adoçantes sintéticos para concorrer com o açúcar, xaropes de frutose, obtidos a partir do milho, para uso industrial, substituindo o açúcar em alimentos e refrigerantes. Nos dias de hoje, praticamente 70% do milho produzido nos EUA, que também é o maior produtor mundial desse cereal, é destinado à produção de xarope de frutose e álcool combustível, elevando os EUA à condição de segundo maior produtor mundial de álcool (7 bilhões de litros). Esses novos produtos, suas campanhas e o pequeno incremento na demanda mundial, derrubaram o preço do açúcar a patamares poucas vezes igualado na história recente. 

 

     As usinas brasileiras se beneficiaram porque possuíam o álcool como salvaguarda. Apesar das dificuldades, da globalização, da rápida mudança de paradigmas a que está submetida, a indústria açucareira brasileira continua em expansão. Sua produção no final do milênio chegou a 300.000.000 de toneladas de cana moída/ano em pouco mais de 300 unidades produtoras; 17 milhões de toneladas de açúcar e 13 bilhões de litros de álcool. A procura por diferenciação e produtos com maior valor agregado é constante. Novos sistemas de administração e participação no mercado são rapidamente incorporados. O setor não mais se acomoda à resignação do passado e busca novas alternativas, como a co-geração de energia elétrica.

 

REFERÊNCIAS: 

Qual é a melhor época para o plantio da cana-de-açúcar? Disponível em: https://rehagro.com.br/blog/plantio-da-cana-de-acucar/
Plantio da cana-de-açúcar. Disponível em: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/cana-de-acucar/
História da cana-de-açúcar. Disponível em: https://www.udop.com.br/index.php?item=noticias&cod=993

 

 

Deixe um comentário