CEREAIS

Grãos ao longo da História!

Publicado em
CEREAIS

    Cereais são as sementes ou grãos comestíveis das gramíneas. De grande importância histórica na sobrevivência humana, os cereais são parte essencial de uma alimentação saudável e fazem parte do hábito alimentar de qualquer povo, devido à sua facilidade de manutenção e conservação, por seu baixo custo e pelo alto valor nutritivo.

    Os principais cereais são: arroz, milho, trigo, aveia, centeio, sorgo, cevada.

CEREAIS

    Existem em vários tamanhos e feitios, desde grandes sementes de pipocas à pequenas sementes de quinoa. Todos os tipos de cereais são boas fontes carboidratos, proteínas, gorduras, sais minerais, vitaminas, enzimas e outras substâncias. Os integrais, além desses nutrientes, são ricos em fibras, pois não passaram pelo processo de refinação. São também melhor fonte outros nutrientes importantes, como selênio, potássio e magnésio. Os cereais refinados como o arroz branco e farinha branca, têm o farelo e o germe retirado do grão. Embora se acrescentem vitaminas e minerais após o processo de moagem, estes não têm tantos nutrientes como os integrais e não fornecem tanta fibra.

    As pessoas já comem cereais integrais há mais de 17.000 anos. Colhiam as sementes, tiravam a casca e mastigavam o miolo do grão cru ou coziam-no em água.

    O amido representa quase toda a totalidade dos carboidratos dos cereais. É um polissacarídeo da glicose encontrado na natureza na forma de amilose e amilopectina.

    Os cereais são deficientes nos aminoácidos lisina, treonina e triptofano. Essa deficiência é compensada com a combinação de alimentos como o arroz com feijão, resultando numa mistura de melhor valor proteico. A proporção adequada é uma parte de feijão para três partes de arroz. 

Referências:
Cereais. Disponível em: https://www.sonutricao.com.br/
Fatos divertidos sobre cereais integrais. Disponível em: https://www.nestle-cereals.com
CEREAIS – Os Alimentos Mais Saudáveis do Mundo. Disponível em: https://vegetarianismoveganismo.wordpress.com

 

Deixe um comentário