É tempo de maçã!

A fruta já está prontinha para sair do pé!

Publicado em
É tempo de maçã!

   Os pomares da Serra Catarinense estão coloridos de vermelho. É a safra da maçã na maior área produtora da fruta no país. A região tem hoje cerca de 2,9 mil produtores de maçã, 1,8 mil só nas proximidades de São Joaquim, maior área produtora da fruta no país. Só por ali, a previsão é de colher 380 mil toneladas, 10% mais do que no ano passado.

   Agora começam a ser tiradas do pé as maçãs da variedade gala. Depois, vem a fuji. E a qualidade é considerada boa. A safra de maçã vai até maio em Santa Catarina.

   A macieira é típica de clima temperado, da família Rosaceae, sua árvore chega a 10 metros de altura, possui tronco de casca parda, lisa e copa arredondada, as flores são aromáticas, brancas ou róseas.

  A cultura da maçã é uma das atividades que mais recebe investimento em tecnologia e qualidade no país. Aqui no Brasil, a produção de maçã se concentra em duas cultivares: Gala e Fuji, que representam em torno de 90% da área plantada. Outras cultivares plantadas são a Eva, Golden Delicious, Brasil, Anna, Condessa, Catarina, Granny Smith.

É tempo de maçã!

   As cultivares Eva, Anna e Condessa possuem baixa exigência de frio, o que as torna recomendáveis para plantio em regiões mais quentes e com produção entre dezembro e a primeira quinzena de janeiro.

  A ‘Gala’ vem sendo gradativamente substituída por clones de coloração mais vermelha dos frutos, como a Royal Gala, Imperial Gala e Galaxy. Seus frutos são colhidos nos meses de janeiro e fevereiro.

  A Fuji e seus clones Fuji Suprema e Kiku, que também tem frutos mais avermelhados, produzem no mês de abril e maio, sendo uma fruta de sabor doce e muito suculenta. A Fuji apresenta, ainda, a vantagem de ser mais resistente ao armazenamento que a Gala.

A produtividade média da maçã no Brasil varia de 15 a 30 t/ha de frutos em pomares adultos e conduzidos dentro das modernas técnicas.

  Além do amplo consumo fresco, a maçã é útil para diversos tipos de processamento, como doces, geleias, compotas, bebidas e vinagre. Na indústria processadora, o suco é considerado um dos produtos principais. O vinho de maçã, além do consumo direto, constitui a base para a sidra, bebida frisante e para a produção de destilados envelhecidos. 

Referências:
Safra de maçã colore a Serra Catarinense de vermelho. Disponível em: https://g1.globo.com
O cultivo e o mercado da maçã. Disponível em: http://www.sebrae.com.br
Serra catarinense inicia colheita da maçã. https://www.terra.com.br

Deixe um comentário