X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Fácil Alimentos - Blog Fácil Alimentos - Blog

Matéria

Filtrar
Agronegócios
Economia
Empreendedorismo
Logística
Mercado
Produção
Serviços
Tecnologia

GRAVIOLA: em forma de suco, chá, sorvete... é hidratação pura!

Poucas calorias, rica em água e fibras, esta é a graviola.

Publicado em
  • Compartilhe:

A graviola Annona muricata é uma fruta de casca verde coberta de espinhos, típica de regiões tropicais. Seu aspecto é semelhante ao da jaca e até é conhecida em alguns lugares do Brasil como jaca-do-pará.

Benefícios e propriedades: É pouco calórico, tendo cerca de 66 calorias por 100 gramas, possui muita água em sua composição, tem fibras e é muito rico em vitaminas e minerais. Na graviola estão presentes muitos compostos bioativos e fitoquímicos, que ajudam nosso organismo. Possui em sua composição compostos que promovem o relaxamento e a sonolência, além da hidratação do organismo já que a polpa da fruta é constituída principalmente por água.

Colheita: No Brasil a graviola é produzida no estados do Norte e Nordeste. As gravioleiras devem ser colhidas quando a coloração verde-escura dos frutos passa para verde-claro brilhante e os espinhos se quebram com facilidade, isso ocorre depois de 3 anos, no período de maio a outubro, manualmente e com todo o cuidado para evitar danos aos frutos.

Formas de consumo: O consumo da fruta pode ser de forma natural, removendo a semente e a casca, ou pode ser utilizada de várias formas em receitas de doces, sucos, sorvetes, e outros. A polpa branca geralmente é consumida crua ou utilizada em sorvetes, cremes e doces. Na hora de escolher a fruta no supermercado se deve dar preferência para as frutas que estão mais macias, são as mais maduras. Se a casca estiver escurecida ou rachada significa que a fruta está apodrecendo. A graviola também é muito utilizada para fazer chá.

Chá de graviola no tratamento do câncer: Um teste realizado em laboratório no Centro Universitário de Patos de Minas por Nepomuceno e Silva (em 2011) apontou que a graviola apresenta alta citotoxicidade, logo não podendo ser utilizada como alternativa para o tratamento do câncer, ela não previne e pode até prejudicar o câncer. Caso a doença já esteja estabelecida, a graviola poderá ser utilizada, visto que diminui a frequência de tumores no organismo. Agindo assim como um ajudante no tratamento, ela não deve ser utilizada como substituto aos tratamentos já estabelecidos pela medicina.

Seu consumo exagerado pode baixa a pressão arterial e suas sementes podem causar intoxicação se ingeridas em excesso.

 

Referências:
Graviola. Disponível em: https://www.tuasaude.com/graviola/
Cultivo e Mercado da Graviola – Notas de estudo de Engenharia Agronômica. Universidade Federal do Ceará. Disponível em: https://www.docsity.com/pt/cultivo-e-mercado-da-graviola/4712711/
Graviola uma fruta com superpoderes. Disponível em: http://www.a2.jor.br/site/2018/07/graviola-uma-fruta-com-superpoderes/
Chá de graviola pode fazer muito mal. Disponível em: https://luciahelena.blogosfera.uol.com.br/2018/02/06/cha-de-graviola-ele-pode-fazer-muito-mal/
Graviola combate o câncer? Veja quais são os verdadeiros benefícios, em https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/02/23/graviola-combate-o-cancer-veja-quais-sao-os-verdadeiros-beneficios.htm

 


Por Thaíse Pires
Por Thaíse Pires

23 Dez 20 • 4 min


Qual a tua avaliação deste artigo?

Leia também