Laranja, que delícia!

Até mesmo em fundo de quintal, com uma terra de qualidade, as laranjeiras florescem, gerando frutos suculentos e saborosos!

Publicado em
Laranja, que delícia!

      Com muitas variedades de norte a sul do território brasileiro, que podem ir do doce ao levemente ácido e ainda traz a vitamina C e agrega benefícios importantes para a saúde, a laranja é comum entre as frutas presentes na mesa da população.

       O ideal é consumir a fruta inteira e não somente o suco, porque a maior parte das fibras da laranja é encontrada em seu bagaço. A casca também é saudável pois é rica em flavonoides, que são compostos com função antioxidante e anti-inflamatória. Para aproveitá-la pode-se, por exemplo, preparar um chá de laranja ou raspar um pouco em doces e salgados, como carnes, bolos e purês. Refrescante e suculenta, a fruta cítrica faz parte da cultura alimentar brasileira desde que os portugueses chegaram por aqui.

       Os relatos mais antigos sobre a laranjeira vêm da China, mas sabe-se que a origem das novas variedades mais doces, deve-se aos descobridores portugueses que trouxeram de Goa, em 1520-1548 e plantaram em Xabregas. Estas foram as “plantas mães“, que depois viajaram para o sul de Portugal, Madeira, Açores e Brasil.  O Brasil, tornou-se o principal produtor de laranjas do Mundo, logo seguido pelos Estados Unidos e a China.

      A laranjeira passou por várias mutações à medida que avançou para outros continentes, favorecidas pelo clima tropical, aqui se fixaram as mais produtivas, levando o Brasil à liderança global nos anos 1980.

Brasil                     16,1 milhões de toneladas/ano

USA                       10,9 milhões de toneladas/ano

China                     4,7 milhões de toneladas/ano

México                 2,2 milhões de toneladas/ano

Espanha               2,2 milhões de toneladas/ano

 

    Produto de grande importância na economia agrícola nacional e responsável pela posição do Brasil como maior fornecedor do suco da fruta no mundo, a laranja (Citrus sinensis L. Osbek) também responde pelos rendimentos de pequenos produtores brasileiros que sobrevivem da agricultura. Apesar de a produção de citros estar concentrada no Estado de São Paulo e na região do Triângulo Mineiro, que juntos formam o chamado cinturão citrícola, o plantio da fruta também tem bom desenvolvimento em várias outras partes do país.

 

Estado

Área (há)

Produção (t)

Rend. (t/ha)

SP

758.200

94.800,00

127,1

BA

58.544

3.798,13

75,4

MG

54.422

4.382,47

80,5

RJ

43.999

2.792,55

63,4

PR

11.496

793.571

69

GO

88.000

1.058.400

98

Obs.: Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba 48% da produção de MG, num total de 30.800 ha.

 

Variedades da laranja:

Laranja-pera: Tem sabor mais adocicado, tamanho menor quando comparada às outras e é mais indicada para fazer suco ou ser consumida in natura.

Laranja-Bahia ou laranja-de-umbigoÉ bem fácil de ser descascada e é geralmente usada em saladas, principalmente porque não possui sementes. Tem casca amarelada e possui uma ponte mais acentuada, de onde vem o nome “umbigo”.

Laranja-lima: É menos ácida e tem sabor adocicado e suave, sendo indicada para quem tem problemas digestivos e também para as crianças.

Laranja-da-terraÉ bem amarga e pequena, sendo indicada para geleias e até fins medicinais.

Laranja-seletaÉ semelhante à laranja-Bahia, sendo amarelada, de polpa bem saborosa e pouco ácida.

Laranja vermelhaA famosa laranja-de-sangue apresenta interior avermelhado e é menor do que os demais tipos.

 

REFERÊNCIAS:
CULTURA DOS CITROS. Disponível em: http://www.fruticultura.iciag.ufu.br/citros2.htm
Como plantar laranja. Disponível em: https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/como-plantar/noticia/2013/12/como-plantar-laranja.html
A CULTURA DA LARANJA. Disponível em: https://revistajardins.pt/cultura-laranja/
Laranja: tipos, benefícios e melhor forma de consumir. Disponível em: https://www.ativosaude.com/beneficios-dos-alimentos/laranja/

Deixe um comentário