X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Fácil Alimentos - Blog Fácil Alimentos - Blog

Matéria

Filtrar
Agronegócios
Economia
Empreendedorismo
Logística
Mercado
Produção
Serviços
Tecnologia

NOZ: aquela que rouba a cena!

Da salada aos pratos mais sofisticados, as nozes trazem seu glamour!

Publicado em
  • Compartilhe:

Fruto da nogueira, originária da Ásia, a noz é uma oleaginosa da família Betulaceae, a mesma da avelã e das castanhas, que servem como um petisco delicioso e pode ser adicionada em muitas receitas acompanhada em: massas, saladas, bolos e outros doces.

As nozes são ricas em vitaminas e sais minerais, e são inúmeros os benefícios para a saúde: Ajuda no emagrecimento devido ao seu alto teor de gordura boa. Combate o estresse e outros problemas emocionais como a ansiedade e sintomas da depressão. E como são ricas em ômega-3, alivia a fadiga e rende bastante energia. Melhora das funções cognitivas, melhora da circulação sanguínea, fortalecimento da imunidade, ação digestiva etc.

Para o cultivo o solo deve ser fértil, profundo e bem drenado, e geralmente, são necessários de 8 a 10 anos para poder colher apropriadamente, é preciso ter um período vegetativo suficientemente longo. Os cultivares requerem no mínimo 180 a 200 dias para amadurecer seus frutos, as nozes permanecem na planta, desde a fecundação até a colheita, que leva de 6 a 7 meses. É possível, também, realizar o plantio do fruto em áreas de reserva legal. A legislação brasileira autoriza o cultivo intercalado com árvores nativas, o que favorece a geração de renda sem prejudicar o nosso meio ambiente.

Sobre o comércio: Notícias recentes mostram que o Brasil ganhou um destaque na produção mundial de noz-pecã, com uma produção de 3,5 mil toneladas ocupando o 4º lugar do ranking mundial. Os três primeiros são: México (145,5 mil ton), EUA (126,5 mil ton) e África do Sul(18,2 mil ton)

O Rio Grande do Sul é o maior produtor de nozes do nosso país. De acordo com os dados da Emater, no final de 2019, haviam cerca de 1.300 produtores, cultivando 5,5 mil hectares, em todo o RS.

 

Referências:
Pró-Pecã. Disponível em: https://www.agricultura.rs.gov.br/pro-peca
A cultura da nogueira pecã. Disponível em: https://www.agricultura.rs.gov.br/upload/arquivos/201707/26091815-a-cultura-da-nogueira-peca-embrapa.pdf
Brasil se destaca na produção mundial de noz-pecã. Disponível em: https://summitagro.estadao.com.br/comercio-exterior/brasil-se-destaca-na-producao-mundial-de-noz-peca-2/
Nozes: Benefícios e como consumir a oleaginosa. Disponível em: https://cuidai.com.br/nozes

Por Thaíse Pires
Por Thaíse Pires

14 Out 20 • 3 min


Qual a tua avaliação deste artigo?

Leia também