O coco verde

Sol, mar e uma água de coco geladinha!

Publicado em
O coco verde

  O mercado de coco no Brasil está segmentado da seguinte forma: a agroindústria transforma o coco em produtos derivados como o leite de coco, o coco ralado e o coco considerado in natura que é aquele utilizado para extração da água de coco.

    No caso do coco verde, os cachos são colhidos com frutos nas idades de seis e sete meses; estão normalmente localizados nas folhas 17 a 19 na época do verão (época seca com temperaturas elevadas) e 18 a 20 na época do inverno (época de chuva com temperaturas mais amenas), respectivamente. Isto porque o intervalo de abertura das inflorescências do coqueiro é menor no verão (Ex. anão-intervalo médio de 18,4 dias) em relação ao período do inverno (Ex. anão-intervalo médio de 23,9 dias).

    Com o coco verde é possível realizar a extração da água de coco e a produção de derivados do coco feitos à base da casca do coco, obtidos com a reciclagem do coco e outras possibilidades.

   Assim, o produtor do coco verde possui várias alternativas para que o coco constitua um negócio viável e rentável.

Estima-se que o mercado de água de coco, é um dos mais promissores, devido ao clima tropical do Brasil, mesmo que o produto concorra com outras bebidas como refrigerantes, sucos, água mineral e outros.

   No verão europeu, em Portugal é possível consumir água de coco como se estivesse no Brasil. Graças a um revestimento comestível, desenvolvido pela Embrapa, que pode prolongar em até quatro vezes a vida útil do produto. O uso dessa tecnologia mantêm as características nutricionais do coco natural e a água dentro dele sem alteração de cor ou sabor, atendendo um mercado consumidor exigente.

   Os cocos da variedade anão-verde, que começaram a ser exportados para a Europa, são produzidos no Polo de Fruticultura do Vale do São Francisco em Petrolina (PE). Sua vida útil que, normalmente, dura em torno de dez dias, superou 40 dias. 

   Durante o verão europeu, se consegue vender a unidade do coco por um valor quase dez vezes superior ao praticado no Brasil no mesmo período, quando por aqui é inverno. O mercado brasileiro também tem demonstrado interesse no coco verde natural com revestimento, devido ao seu alto valor agregado. 

   O Brasil é o quarto maior produtor mundial de coco verde, chegando a quase dois bilhões de unidades por ano. A produção está concentrada na região litorânea do país, nos Estados da Bahia, Sergipe e Ceará. A mais alta produtividade registrada é a da região do Vale do São Francisco, no sertão pernambucano, com cultivo irrigado e uso intensivo de tecnologia. 

 

Referências:
Plantio De Coco Verde. Disponível em: https://novonegocio.com.br/rural
Coco. Disponível em: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br
Coco brasileiro ganha mercado europeu graças a película biodegradável. Disponível em: https://www.embrapa.br

Deixe um comentário