X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Fácil Alimentos - Blog Fácil Alimentos - Blog

Matéria

Filtrar
Agronegócios
Economia
Empreendedorismo
Logística
Mercado
Produção
Serviços
Tecnologia

PALMITO: salada que vem do caule da palmeira!

É um produto muito importante para o comércio interno, além disso é uma das principais fontes de alimento dos povos que vivem na Amazônia.

Publicado em
  • Compartilhe:

O palmito é retirado do caule de algumas espécies de palmeiras, como o açaizeiro, a juçara e a pupunheira. Enquanto a espécie palmeira-juçara é mais encontrada na Mata Atlântica, o açaizeiro e a pupunheira são comuns na Amazônia. É um produto muito importante para o comércio interno e externo, além disso é uma das principais fontes de alimento dos povos que vivem na Amazônia.

Quase tudo é reaproveitado das palmeiras: os frutos que servem para alimento e também são usados no artesanato, as folhas usadas em cobertura de casas, a parte externa do caule, serve como madeira para o telhado, as raízes, servem como vermífugos que ajudam a lidar com parasitas, e nos oferece o próprio palmito que é o alimento e também serve como um remédio anti-hemorrágico.

Benefícios: Diminui o apetite pois o palmito é rico em fibras alimentares, responsáveis por proporcionar saciedade e diminuir a fome. Melhora o sono com seu complexo de vitamina B que ajuda numa boa qualidade do sono, garantindo que o corpo fique relaxado e também evita alterações de humor combatendo a ansiedade e depressão. Ajuda no controle da pressão pois é rico em potássio, evitando que fique muito alta ou baixíssima, além de colaborar com a saúde do coração.

Cultivo: A espécie mais comum de ser cultivada é a pupunha, e para ser plantada ela necessita de climas quentes e úmidos com média de 20ºC de temperatura, e bastante chuva, mas a pupunha não resiste a solos encharcados por isso requer um solo ácido com pouca fertilidade. É indicada para estações chuvosas, sua época de colheita é de 3 anos após o plantio, perto de fevereiro e março, porém sua quantidade varia em relação às condições na época do plantio.

Mercado: Sua produção ainda é focada nas espécies juçara e açaí. A extração dessas espécies acabou sendo um problema, principalmente para juçara, que morre após a colheita do palmito. A pupunha acabou se tornando uma alternativa para cultivo de palmito com sustentabilidade econômica nas regiões leste do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, estados que adaptaram o cultivo dessa espécie e acabou sendo uma ótima renda para a agricultura familiar. O estado de São Paulo é o maior consumidor de palmito no mundo. O Brasil como um todo é o maior fornecedor detém 74,3% do mercado mundial de palmitos em conserva no mundo, que arrecada aproximadamente R$350 milhões por ano. Atualmente temos mais de 1.600 hectares de palmito.

 

Referências:

Tudo sobre o palmito. Disponível em: https://escola.britannica.com.br/artigo/palmito/483427

Benefícios. Disponível em: https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/palmito-quais-sao-os-seus-principais-beneficios-para-a-nossa-saude-descubra_a6279/1

Mercado. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/16598603/cidade-de-sao-paulo-e-a-maior-consumidora-de-palmito-do-mundo

Mais sobre a produção de palmito. Disponível em: https://www.embrapa.br/florestas/transferencia-de-tecnologia/pupunha/tema

Cultivo do palmito. Disponível em: https://www.ibflorestas.org.br/conteudo/tudo-sobre-palmito-pupunha-plantio-cuidados-manejo-e-colheita


Por Thaíse Pires
Por Thaíse Pires

23 Jul 21 • 5 min


Qual a tua avaliação deste artigo?

Leia também