Pinhão: o sabor que nos faz viajar no tempo

Cozido, assado ou simplesmente usado como ingrediente em pratos típicos, o importante é que seu sabor conquista paladares e nos leva a épocas remotas da nossa história!

Publicado em
Pinhão: o sabor que nos faz viajar no tempo

    O hábito de comer pinhão foi herdado dos indígenas, que também usavam como alimento para muitos animais da região. Logo, a fartura de pinhões, significava uma boa caça para os índios.

   Hoje, A semente da Araucaria angustifólia, conhecida popularmente como pinheiro do Paraná ou pinheiro brasileiro, é um alimento muito consumido pelos sulistas, especialmente nos meses do outono e inverno, o popular pinhão tem presença marcante principalmente na culinária da região Sul do Brasil, na qual está associado ao frio, aconchego e às festas do Sul do país.

   Na Europa, se usa pinhões do pinheiro de pedra, uma espécie abundante que produz grandes e gordos pinhões de cor marfim. As castanhas são especialmente populares nos países mediterrâneos, especialmente na Itália, onde são utilizados em algumas receitas tradicionais, muitas vezes torrados, para adicionar um sabor especial, e também é usado no famoso molho pesto italiano e pizzas. Os pinhões também são amplamente consumidos sozinhos ou como petiscos.

     O pomar de pinhão é uma atividade agrícola bastante vantajosa. Além de uma mesma plantação render mais de 100 anos de colheita, um hectare pode dar mais de duas toneladas de pinhões por ano. O Caiová é o tipo de araucária mais produtivo. A árvore começa a produzir pinhões aos 12 anos e dá mais de cem pinhas por árvore.

   Para a colheita de pinhões, os produtores devem primeiro rachar os cones de pinho, geralmente com o calor. Em seguida, os pinhões precisam ser descascados. Após o bombardeio, os pinhões têm uma curta vida útil, devido ao seu alto teor de óleo. Para evitar que as nozes de pinho fiquem rançosas, você deve armazená-las na geladeira ou usá-las rapidamente. Você também pode comprar pinhão sem casca em algumas partes do mundo.

REFERÊNCIAS:
O Pinhão e Seus Benefícios à Saúde. Disponível em: https://www.opas.org.br/o-pinhao-e-seus-beneficios-a-saude/
Valor Nutricional do Pinhão. Disponível em: https://www.embrapa.br/florestas/valor-nutricional-do-pinhao
História e curiosidade do pinhão. Disponível em: http://www.jacomar.com.br/artigos/historia-e-curiosidade-do-pinhao/


Deixe um comentário