A INDÚSTRIA DO TOMATE

Do fruto ao molho!

Publicado em
A INDÚSTRIA DO TOMATE

     O tomateiro tem sua origem zona andina do Peru, Bolívia e Equador e seu fruto era conhecido como tomati ou jitomate, como ainda é chamado no México, onde foi domesticado e, só por volta de 1540, introduzido na Europa.

      Os frutos do tomate são consumidos frescos, em saladas, ou cozidos, em molhos, sopas e carnes ou pratos de peixe. Podem ser processados em purês, sumos, molho de tomate e ketchup. Também os frutos enlatados e secos constituem produtos processados de grande importância econômica.

     Os frutos do tomate de boa qualidade são firmes e de cor uniforme. Caso os tomates sejam usados para a produção de molho de tomate, os frutos devem ser colhidos quando estão vermelhos e completamente maduros. Caso os tomates sejam vendidos como legumes no mercado, podem ser colhidos ainda verdes, pois podem amadurecer depois da colheita até se tornarem vermelhos.

A China produz cerca de 48,4 milhões de toneladas de tomate ao ano, seguido pela Índia com 16,8 milhões. Os outros grandes produtores, acima de 5,5 milhões de toneladas, são EUA, Turquia, Egito, Irã e Itália.

     A produtividade média mundial atualmente está em torno de 4,8 t/ha, mas as maiores produtividades são obtidas em estufas na Europa onde as produtividades podem exceder 125 t/ha em uma safra. Uma cultura de alta produtividade para produção de tomates frescos a campo com irrigação nos sulcos produz tipicamente entre 8.9 e 12,7 t/ha.

     A produtividade média nacional brasileira é de 50t/ha, mas há regiões onde os agricultores chegam a colher 90t/ha. O cultivo do tomateiro estaqueado é o mais tecnificado, mas exige também muito trabalho. No campo, as operações que demandam mais  trabalhadores são o transplante, a capina e a colheita, realizados manualmente.

A INDÚSTRIA DO TOMATEA INDÚSTRIA DO TOMATEA INDÚSTRIA DO TOMATE

     A partir da década de 70, houve um rápido crescimento da indústria de processamento de tomate no Brasil, o que provocou uma grande expansão da área cultivada com essa hortaliça.

Hoje o Brasil está entre os dez maiores produtores de tomate industrial do mundo, sendo os Estados Unidos o líder mundial. 

     Em torno de um quarto da produção mundial total é atualmente produzida para processamento industrial. Isso é aproximadamente o dobro dos níveis de meados dos anos 1980. O consumo per capita de produtos processados é em torno de 5,58 kg/ano nos EUA até 0,09 kg/ano na Índia. Os maiores públicos consumidores se localizam nos EUA, Itália e Canadá. Cerca de 91% da produção processada se situa no hemisfério Norte.

     O crescimento da demanda nacional por produtos oriundos do tomate e seus derivados tem sido suprido com o aumento da produtividade industrial, processo facilitado pela concentração da produção em áreas de cerrado (Goiás e Minas Gerais) favorecidas pelo solo e clima, pela adoção de tecnologias avançadas e por novos métodos de manejo na cultura, incluindo técnicas mais eficientes de irrigação, associadas às novas fórmulas para nutrição de plantas.

 A INDÚSTRIA DO TOMATEA INDÚSTRIA DO TOMATEA INDÚSTRIA DO TOMATE

Tomate industrial. Disponível em: https://www.cpt.com.br
A cultura do tomate. Disponível em: https://publications.cta.int
Produção mundial de tomate. Disponível em: https://www.yarabrasil.com.br
CULTIVANDO ABÓBORA 1600

CULTIVANDO ABÓBORA

A família das Cucurbitáceas é uma das famílias mais importantes no domínio alimentício compreende 27 espécies conhecidas.

Deixe um comentário